segunda-feira, novembro 23, 2009

Teoria do vento


Lá fora, no varal de meus planos, tremulam coloridos os panos.
É vento calmo, vento frio, que me arrasta para a vida... Levo meu copo de bebida barata, passo a mão numa coberta, sento na varanda e vejo ventar...


4 comentários:

Adri disse...

Lindos (tu e a tua escrita)

Luan Diego Vosnhak disse...

GOSTEI!

Cândida Oliveira. disse...

Oi!
legal teu blog Arion...
conheci agorinha mesmo...
bah, o nome é parecido com o meu...
mas a semelhança é mera coincidência... hahaha
podes ter certeza...
grande abraço.

Vinicius disse...

Emocionante, sinestésico, rico. Perfeito! :)